ago 10

Os serviços governamentais contabilizaram 916 mortes e 35 mil desalojados na tragédia que foi considerada o maior desastre climático da história do Brasil.

A ação “Tracers ao Resgate” foi uma iniciativa da ABPK para incentivar a união dos vários grupos de todo o país que se mobilizaram na arrecadação de donativos para suprir as vítimas das enchentes e deslizamentos que assolaram a Região Serrana do Rio de Janeiro no início de 2011.

Alimentos, material de limpeza, roupas, calçados e demais utensílios foram arrecadados e no dia 5 de fevereiro um treino foi marcado, celebrando o espírito de cidadania que tomou conta de cada tracer (praticante de parkour) envolvido. Participaram dessa iniciativa as cidades de Rio de Janeiro, Santa Maria, Brasília, Aracaju, Blumenau, São Paulo, Betim, João Pessoa, Maceió, Salvador e Guarulhos.

Que esse altruísmo que nos envolveu permaneça junto a real consciência de que antes de tracers somos cidadãos.

“Ser forte e ser útil”

Agradecimentos especiais a Rafael Sotero, o Butuí, pelo seu empenho e contribuição na edição do vídeo.

Tagged with:
fev 23

No dia 22 de fevereiro, as 10 da noite, aconteceu a primeira reunião da nova diretoria da Associação Brasileira de Parkour. Estiveram presentes os  11 membros que compõe a diretoria debatendo sobre as principais questões pendentes quanto a organização do Parkour no Brasil. A reunião teve duração de pouco mais de 1 hora e 30 minutos e, além das boas-vindas aos novos membros, ela marca também o início efetivo dos trabalhos de 2011.

Com o sucesso alcançado, ficou decido que a reunião continuará a acontecer uma vez por mês via skype, e que nos dias 23 e 24 de julho, a cidade de São Paulo sediará a 1º Conferência Nacional da Associação Brasileira de Parkour.

Tagged with:
jan 23

Em solidariedade as vítimas dos desastres recentes no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, a Associação Brasileira de Parkour convida a todos os praticantes e grupos de Parkour do Brasil a juntarem seus esforços em uma ação solidária em favor das vítimas dessa catástrofe.

O Projeto “Tracers ao Resgate” tem como objetivo arrecadar mantimentos, utensílios e material de higiene em todo o Brasil, através do empenho dos praticantes de Parkour. Todo o material arrecadado será doado para a Cruz Vermelha e a Defesa Civil, que decidirão localmente para onde melhor direcionar a ajuda.

O plano de ação segue conforme o descrito abaixo e pedimos que quaisquer dúvidas sejam sanadas através do email de contato diretoria@abpk.org.br

Continue reading »

Tagged with:
fev 25

Espero que me desculpem o tom informal que usarei nessa postagem, mas é que me sinto mais confortável para falar sobre o assunto dessa forma. Sendo objetivo, eu gostaria de comunicar que na última reunião da diretoria da ABPK, acontecida no dia 26 de janeiro desse ano, foi estabelecida a troca da presidência da Associação Brasileira de Parkour. Desde esta data, Alberto Brandão deixou o cargo de presidente, e eu, Eduardo Rocha, assumi em seu lugar. Eu acredito que uma instituição desse porte, tem, por obrigação, manter informadas as pessoas que representa e ser transparente em todas as atitudes e decisões. E é por esse motivo que venho aqui pessoalmente me reportar a vocês.

Quando tive meu primeiro contato com os, até então, dirigentes da ABPK (acredito que no inicio de 2008), eu havia estranhado a forma meio “maçônica” com que tudo era levado. Pelo contato com o Jean Wainer (presidente na época), eu tinha acesso aos problemas que a associação enfrentava e eu via todo o esforço que ele fazia para mantê-la ativa. Mas, ainda assim, eu não entendia o motivo porque existiam tantas lendas, informações obscuras e “segredos” dentro de um órgão que nasceu para representar toda uma comunidade: o Parkour brasileiro. Para mim, a ABPK não passava de uma elite intelectual, que embora eu não soubesse quem era e quantos eram, representavam (ou deveriam representar) os mesmos interesses que eu tinha pelo desenvolvimento do parkour nacional. Me assustei ao saber que algo tão conceituado e com tanto renome era liderado por uma quantidade tão pequena de pessoas.

Quando criada, a associação contava com cerca de 10 integrantes; eram pessoas engajadas com o projeto e com vontade de levá-lo adiante. Mas por razões unicamente pessoais, a cúpula foi se desintegrando ao ponto de restar ativamente somente o Alberto e o Jean. Foi, mais ou menos, nessa época que fui chamado para fazer parte de uma diretoria que tinha por objetivo revitalizar e reconstruir a associação. A verdade é que estávamos assistindo a ABPK se fragilizar dia a dia. Os problemas apareciam de todas as formas possíveis e eram poucas as soluções que conseguíamos arranjar. Do modo que as coisas corriam, se uma medida imediata não fosse tomada, talvez nesse momento, estaríamos anunciando o fim ou o abandono de um órgão que fez história no Parkour brasileiro, e que ainda poderia alavancar e ajudar muito mais a nossa organização.

A intenção dessa postagem, além de comunicar, é nos permitir um novo começo. De forma calma, humilde e que precisará contar com a paciência e boa vontade de todos. Boa vontade e humildade. Sem demagogia, essas são as palavras chaves que podem resolver nossos problemas. Do mesmo que precisaremos contar com a sua boa vontade, precisaremos de humildade para ir até você e dizer “cara, precisamos da sua ajuda”. Acredito que a ABPK deve ser um espelho daqueles que representa; independente de formação de grupos, insatisfações ou desavenças pessoais. Não existe Associação Brasileira de Parkour se a única coisa que se consegue pensar é em puxar a sardinha para mais perto do seu prato. E é por isso que uma das primeiras medidas que faremos é ouvir melhor essas pessoas que têm interesse puro em ajudar e, fazer com elas, aos poucos, a abertura da associação de modo que todos se sintam representados. Não estamos prometendo um milagre e muito menos ser a tábua da salvação. Mas eu afirmo em alto e bom tom que o que estiver ao nosso alcance para mudar a situação a favor do Parkour brasileiro, será, ou tentará ser feito. Como disse anteriormente, é um recomeço.

Abraços,
Eduardo Rocha

-Presidente

Tagged with:
fev 08

Olá Pessoal!

Estamos criando este blog onde atualizaremos com bastante freqüência todos os acontecimentos da reorganização da ABPK. Esperamos que com isso nos tornemos uma associação mais transparente e que assim façamos você parte do nosso trabalho que é tão importante para o desenvolvimento do Parkour em nosso país.

Neste Blog postaremos novídades, idéias, pediremos opiniões, enquetes e postaremos um resumo das reuniões! O Nosso objetivo é fazer com que você faça parte da formação da associação e nos ajude a crescer.

e agora, mãos a obra!

Tagged with:
preload preload preload